CIDADES

Mulher corre de peças íntimas pela rua após agressão e quase é morta enforcada

As agressões ocorreram pelo fato de o homem não aceitar o fim do relacionamento

Publicados

em

Divulgação

Em forma de desabafo, a advogada Carol Andreazza, fundadora de uma conhecida página de vendas no Facebook, postou em seu perfil pessoal numa outra rede social a imagem chocante de uma vitima de agressão por parte do ex-companheiro.

Na legenda, Carol relatou que as agressões ocorreram pelo fato de o homem não aceitar o fim do relacionamento e ter se aproveitado que a vítima dormia, para se sentar sobre seu corpo e desferir inúmeros socos contra a face da mulher, que ficou parcialmente desfigurada.

Em contato com a vítima, de 29 anos, que trabalha como auxiliar de contabilidade em Vilhena e que concedeu entrevista ao site, ela relatou que já esta separada do agressor há dois meses, porém, por terem bens que ainda precisam ser vendidos, ainda dividiam o mesmo teto.

A vítima relatou ainda que, na madrugada de domingo, 04, o jovem, de 28 anos, invadiu seu quarto e, após socá-la várias vezes na face, a amarrou e desferiu inúmeros chutes contra seu corpo.

Leia Também:  Testagem rápida em drive thru identificou 81 casos positivos em Rolim de Moura

Na tentativa de acalmar o ex, que a todo momento afirmava que iria matá-la, a jovem passou a se culpar pelo fim do relacionamento e afirmar que não iria mais se separar, até que o agressor a soltou, momento que ela, apenas de roupas íntimas, conseguiu pular o portão do imóvel e fugir gritando por socorro na rua.

Seguindo a mulher com uma corda nas mãos, o agressor a alcançou e tentou enforcá-la em uma árvore, até que os vizinhos chamaram a Polícia Militar, que prendeu o homem em flagrante.

Ainda segundo a mulher, durante o relacionamento de quatro anos, seu companheiro já havia tentado lhe estrangular com as próprias mãos a cerca de um ano e três meses, porém, por dó, acabou não dando continuidade à denúncia, mas se arrepende, e decidiu tornar o caso público para encorajar outras mulheres que sofrem com relacionamentos abusivos a não se calarem.

Fonte: Rondoniaaovivo

Propaganda

GERAL

Rolimourense Claudia Pollyana segue internada e familiares vão realizar leilão para custear despesas

Família de Claudia Pollyana vai promover leilão para custear despesas; a rolimourense segue internada

Publicados

em

A rolimourense Claudia Pollyana Meinhart segue internada na UTI por complicações da Covid-19, a família iniciou uma campanha de arrecadação financeira para custear o tratamento. Um leilão virtual vai ser promovido para ajudar a arrecadar dinheiro.

No momento a família se mobília para conseguir prendas para o leilão, quem puder contribuir pode entrar em contato no telefone 98459-9780. Toda ajuda será bem-vinda, seja objeto ou roupas vai fazer este leilão acontecer.

Claudia estava grávida e foi acometida pela Covid-19 e acabou perdendo o bebê. Ela se encontra em estado grave, internada e intubada em uma unidade hospitalar em Cacoal (RO).

Quem puder contribuir em dinheiro pode transferir para:
Agência: 1406-0
Conta Corrente: 11.436-7
PIX: 60331402220
Alexandro Necefaro kalb – esposo de Claudia
Conta Corrente Banco do Brasil

FONTE; ASSESSORIA

Leia Também:  Alto Alegre: homem morre após acidente na Linha P40
Continue lendo

POLICIAL

POLÍTICA

CIDADES

ELEIÇÕES 2020

MAIS LIDAS DA SEMANA