CIDADES

Escritório das Nações Unidas abre processo para contratar profissionais ao Hospital de Campanha em Porto Velho

UNOPS abriu duas ao cargo de Analista de Monitoramento e Avaliação e inscrições seguem abertas até 5 de outubro. Contratação faz parte de acordo de cooperação com o governo de Rondônia por causa da pandemia da Covid-19.

Publicados

em

Hospital de Campanha em Porto Velho. — Foto: Divulgação/Sesau

O Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) no Brasil abriu duas vagas ao cargo de Analista de Monitoramento e Avaliação. A atuação dos profissionais será no Hospital de Campanha montado em Porto Velho.

As inscrições seguem abertas até o próximo dia 5 de outubro. Um termo de cooperação técnica foi firmado entre a UNOPS e o governo de Rondônia nesta quinta-feira (1º).

Segundo o UNOPS, os contratados serão responsáveis pela “fiscalização de contratos de serviços hospitalares” na unidade de saúde preparada para a pandemia do novo coronavírus. Os requisitos às vagas são:

  • graduação em Administração, Administração Hospitalar, Gestão de Saúde Pública, Enfermagem, Contabilidade ou áreas correlatas
  • Dois anos de experiência em administração/fiscalização de contratos hospitalares ou serviços de apoio hospitalar; e
  • Fluência em português.

O UNOPS ressalta que a “candidatura de mulheres qualificadas é fortemente recomendada”. O valor salarial não foi divulgado.

Termo de cooperação

O governo de Rondônia anunciou a contratação de serviços de operação ao Hospital de Campanha, além de um termo de cooperação com o UNOPS, organismo da Organização das Nações Unidas (ONU) especializado em compras e gestão de projetos, durante entrevista coletiva nesta quinta.

Leia Também:  Prefeitura dá início a “Operação Tapa Buracos” em Rolim de Moura

O UNOPS fará a gestão de seis contratos na área de limpeza hospitalar, alimentação, segurança, recepção, coleta de lixo e lavanderia. O termo pode atingir o teto máximo de R$ 14 milhões em 8 meses, sendo pouco mais de R$ 1,7 milhão mensais. Os contratos foram feitos por meio de processos licitatórios abertos e competitivos.

O escritório atua no estado desde 2019, em parceria com Ministério Público do Trabalho (MPT) em Rondônia e Acre. Nesse período, capacitou 183 representantes de instituições públicas e ONGs em Elaboração de Projetos em Rio Branco (AC), Porto Velho (RO) e Ji-Paraná (RO) através do projeto Uirapuru.

Fonte: G1RO
Propaganda

GERAL

Rolimourense Claudia Pollyana segue internada e familiares vão realizar leilão para custear despesas

Família de Claudia Pollyana vai promover leilão para custear despesas; a rolimourense segue internada

Publicados

em

A rolimourense Claudia Pollyana Meinhart segue internada na UTI por complicações da Covid-19, a família iniciou uma campanha de arrecadação financeira para custear o tratamento. Um leilão virtual vai ser promovido para ajudar a arrecadar dinheiro.

No momento a família se mobília para conseguir prendas para o leilão, quem puder contribuir pode entrar em contato no telefone 98459-9780. Toda ajuda será bem-vinda, seja objeto ou roupas vai fazer este leilão acontecer.

Claudia estava grávida e foi acometida pela Covid-19 e acabou perdendo o bebê. Ela se encontra em estado grave, internada e intubada em uma unidade hospitalar em Cacoal (RO).

Quem puder contribuir em dinheiro pode transferir para:
Agência: 1406-0
Conta Corrente: 11.436-7
PIX: 60331402220
Alexandro Necefaro kalb – esposo de Claudia
Conta Corrente Banco do Brasil

FONTE; ASSESSORIA

Leia Também:  Em Rondônia Incra suspende atividades presenciais até 30 de maio
Continue lendo

POLICIAL

POLÍTICA

CIDADES

ELEIÇÕES 2020

MAIS LIDAS DA SEMANA