CIDADES

‘Custo do voto’ de prefeitos eleitos nas cidades de RO no 1º turno varia de R$ 0,49 a R$ 70,69

Cálculo considera as despesas contratadas informadas ao TSE e o número de votos de cada prefeito eleito em primeiro turno.

Publicados

em

Divulgação

O custo do voto dos prefeitos eleitos em 1º turno em 51 cidades de Rondônia varia de R$ 0,49 a R$ 70,69, segundo levantamento realizado  com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O maior gasto por voto foi o do Lezão (PSD), eleito em Rio Crespo. Já o menor custo foi o da Raissa Bento (MDB), eleita em Guajará-Mirim. Ela declarou ao TSE R$2.263,31 de gastos durante a campanha e recebeu pouco mais de 4,5 mil votos. Ivair Fernandes (PSD), eleito em Monte Negro, não declarou despesas de campanha.

Os prefeitos eleitos em 1º turno levaram juntos 262.600 votos e declararam ao todo R$ 3.969.288,43, dando uma média de R$ 15,11 por voto.

O cálculo considera o resultado da divisão das despesas contratadas informadas ao TSE pelo número de votos de cada prefeito eleito em primeiro turno.

Maiores cidades

Nas cinco maiores cidades de Rondônia – Ji-Paraná, Vilhena, Ariquemes, Cacoal e Rolim de Moura -, levando em consideração a quantidade de habitantes estipulada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o candidato eleito em Rolim de Moura apresentou o maior custo do voto, enquanto o de Cacoal teve o menor.

Leia Também:  Eleições 2020: capitais têm 6 candidatos a prefeito que desistiram da disputa e 11 questionados na Justiça Eleitoral

Porto Velho não entrou entre as maiores cidades pois ainda terá eleições em segundo turno, no próximo domingo (29).

 

Infográfico mostra o 'custo do voto' de prefeitos eleitos no primeiro turno em RO — Foto: Thais Nauara/G1

Infográfico mostra o ‘custo do voto’ de prefeitos eleitos no primeiro turno em RO — Foto: Thais Nauara/G1

Fonte: G1RO

Propaganda

GERAL

Rolimourense Claudia Pollyana segue internada e familiares vão realizar leilão para custear despesas

Família de Claudia Pollyana vai promover leilão para custear despesas; a rolimourense segue internada

Publicados

em

A rolimourense Claudia Pollyana Meinhart segue internada na UTI por complicações da Covid-19, a família iniciou uma campanha de arrecadação financeira para custear o tratamento. Um leilão virtual vai ser promovido para ajudar a arrecadar dinheiro.

No momento a família se mobília para conseguir prendas para o leilão, quem puder contribuir pode entrar em contato no telefone 98459-9780. Toda ajuda será bem-vinda, seja objeto ou roupas vai fazer este leilão acontecer.

Claudia estava grávida e foi acometida pela Covid-19 e acabou perdendo o bebê. Ela se encontra em estado grave, internada e intubada em uma unidade hospitalar em Cacoal (RO).

Quem puder contribuir em dinheiro pode transferir para:
Agência: 1406-0
Conta Corrente: 11.436-7
PIX: 60331402220
Alexandro Necefaro kalb – esposo de Claudia
Conta Corrente Banco do Brasil

FONTE; ASSESSORIA

Leia Também:  Nota de Pesar
Continue lendo

POLICIAL

POLÍTICA

CIDADES

ELEIÇÕES 2020

MAIS LIDAS DA SEMANA