AGRONEGÓCIO

Parceria entre prefeitura de Rolim de Moura e Sebrae promoverá melhoramento genético na pecuária leiteira da região

Publicados

em

Divulgação

Conhecedor que Rolim de Moura (RO) tem na pecuária de corte e leiteira base do agronegócio local, o prefeito Aldo Júlio tem cobrado da Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri) que proporcione aos pecuaristas cursos que visam aumentar a produção.

Seguindo as orientações do prefeito e com experiência na área, o secretário municipal de agricultura (Semagri) Dionísio Pereira Braga, “Goiaba” informou que o município de Rolim de Moura vai oferecer nos próximos dias em parceria com o Sebrae que visa o melhoramento genético da pecuária leiteira.

“Já iniciamos as conversas com o Sebrae e iremos oferecer um curso interessante nessa área que vai contemplar 60 pecuaristas do município, pois hoje toda hora tem ferramentas novas que podem melhorar a produção e vamos oferecer isso aos nossos produtores, afirmou o secretário esclarecendo que os interessados em participar serão escolhidos por meio de chamamento público que será realizado pela Semagri”

A parceria será da seguinte forma sobre os custos: o Sebrae entrará com 50%, a Semagri com 30% e o produtor com 20%. De acordo com Samuel Silva de Almeida, diretor técnico do Sebrae, serão realizadas transferências de embrião em 66 matrizes.

Leia Também:  Estrutura metálica da PRF desaba e atinge caminhão durante forte chuva em Vilhena

Goiaba explicou que essa parceria vai fazer com que ocorra um avanço tecnológico no melhoramento genético na pecuária leiteira com bezerras 5/8 o que vai antecipar a produção do leite. O secretário afirmou que são bezerras quase pura e aclimatadas na nossa região.

A gerente regional do Sebrae em Rolim de Moura, Sirlei Cruz da Silva, lembrou que as parcerias são importantes, pois entre os objetivos do Sebrae está o de contribuir com desenvolvimento sustentável da região.

“Essa ação mostra a preocupação do Sebrae no desenvolvimento empreendedor dos nossos produtores rurais. E neste tempo de pandemia, tão difícil para todos, mas principalmente aos empreendedores, essa parceria vai apresentar excelentes resultados, viabilizando conhecimento aos produtores em uma área tão importante para eles, que é a Inseminação Artificial em Tempo Fixo e Transferência de Embrião, trazendo maior produtividade”, explica Samuel Almeida, Diretor Técnico do Sebrae em Rondônia.

Fonte: Assessoria

Propaganda

AGRONEGÓCIO

Preço do boi gordo em Rondônia; veja a cotação divulgada pela Emater

Veja a cotação nas cidades do estado. Machadinho do Oeste teve melhor valor de mercado na primeira semana de março.

Publicados

em

Clima e exportações fortalecem preço da arroba do boi — Foto: Reprodução/TV TEM

O preço da arroba do boi gordo manteve estabilidade no interior de Rondônia na primeira semana de março. Na cotação divulgada pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO), o município de Machadinho do Oeste teve o melhor valor de mercado na reta final do mês: R$ 285 por cada arroba de boi gordo (para pagamento à vista).

Outros 13 municípios registram valores acima de R$ 270 pela arroba de boi gordo.

A cotação da Emater refere-se ao preço médio pago ao produtor rural. Veja, abaixo, os valores em algumas cidades.

Boi gordo à vista em Rondônia

Municípios Preço do @
Alta Floresta do Oeste R$ 278
Alto Alegre dos Parecis R$ 270
Alvorada do Oeste R$ 273,83
Ariquemes R$ 269,98
Cabixi R$ 274
Cacoal R$ 277
Chupinguaia R$ 276,50
Corumbiara R$ 274
Costa Marques R$ 269
Espigão do Oeste R$ 265
Guajará-Mirim R$ 270
Jaru R$ 260
Ji-Paraná R$ 269
Machadinho do Oeste R$ 285
Nova Brasilândia R$ 274
Ouro Preto R$ 275
Pimenta Bueno R$ 273
Pimenteiras do Oeste R$ 268
Porto Velho R$ 275
Rio Crespo R$ 255
Rolim de Moura R$ 266,50
Santa Luzia R$ 266
Vale do Anari R$ 220
Leia Também:  Secretaria de Meio Ambiente vai combater poluição sonora em Rolim de Moura
Continue lendo

POLICIAL

POLÍTICA

CIDADES

ELEIÇÕES 2020

MAIS LIDAS DA SEMANA